Abra seus olhos e não caia nas emboscadas dos bancos! Desde fim de abril, os bancos deverão seguir a nova regulamentação do CMN (Conselho Monetário Nacional) e do Banco Central sobre tarifas, em que não podem mais cobrar tarifas mensais de serviços consideradas essenciais para a manutenção de conta corrente e poupança.

Além disso, podem ser oferecidos quatro tipos diferentes de serviços chamados: essenciais, prioritários, os especiais e os diferenciados. Ou seja, a nomenclatura dos serviços realizada pelos bancos agora segue uma padronização que facilita o consumidor entender o que está sendo cobrado e comparar as tarifas com outros bancos, dentro de um mesmo tipo de serviço para que ele escolha as opções mais convenientes para ele. Segundo especialistas, isso pode estimular a concorrência e pressionar a queda dos preços, caso o consumidor utilize bem disso, escolha as melhores opções e deixe de lado bancos que na medida de custo/benefício não o atenderem.

Serviços considerados essenciais que não podem ser cobrados pelos bancos:

– depósitos à vista
– cartões de débito
– dez folhas de cheques por mês
– dois extratos por mês de contas correntes (com a movimentação mensal)
– quatro saques no caixa ou terminal de auto-atendimento (conta corrente)
– dois saques no caixa ou terminal de auto-atendimento (conta poupança)
– duas transferências de recursos entre contas do mesmo banco
– serviços pela internet
– compensação de cheques
– extrato anual com as tarifas cobradas (extrato consolidado)

Fique de olho nas suas movimentações bancárias e nas cobranças feitas pelos bancos. Qualquer cobrança indevida, não deixe de colocar a “boca no trombone” e reclamar, tanto junto aos bancos quanto ao Procon. Se você foi enganado, não tenha a postura de deixar pra lá! As regulamentações devem ser cumpridas e os clientes bancários devem ser respeitados. Os abusos econômicos não podem ser tolerados!

3 comentários para “Tarifas Bancárias – Serviços que não podem ser cobrados”

  1. Bosco

    Muito importante! Para colaborar vale salientar que a TAXA DE RENOVAÇÃO DE CADASTRO [ um verdadeiro assalto ] acaba de ser PROIBIDA pelo banco Central. Grato!

    Responder
  2. WASHINGTON

    Acho que os bancos não deveriam cobrar taxa nenhuma dos correntistas, pois se vc deposita dinheiro na conta do banco, é porque vc está emprestando este dinheiro à instituição que se beneficia com isto. Deveriam ser cobradas de acordo com o valor movimentado, por exemplo, se eu tenho 1.000,00 na conta e nao sacasse nada no mes entao nada seria cobrado. Se eu fizesse varios saques e transferencias, e o acumulado das taxas atingissem 70% deste valor, automaticamente seria descontado. Ou seja, 70% ficaria retido caso eu movimentasse a conta, do contrario nada seria descontado pois o banco utilizou este valor da se beneficiar. Em resumo, eu dou para o banco e ele me cobra por “servicos prestados”. Ficaria em excessão dessa regra, apenas os poupadores pois o banco devolve o dinheiro corrigido.

    Responder
  3. Jéssica

    Sabe porque o banco tem dinheiro… porque eles tiram o que nos ralamos pra conseguir, dizendo que é taxas disso, daquilo e daquilo outro.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Poupar Dinheiro
  2.  Administrando o próprio dinheiro: Como acabar com as dívidas e poupar?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)