Êta perguntinha que perturba todos, em menor ou maior grau, principalmente quando estamos fazendo dieta ou reeducação alimentar. Isso acontece principalmente com a mulherada. E todos em algum momento já passaram por isso.

É a correria diária, a incerteza de dar certo ou errado, a ansiedade, a mídia que exibe corpos estonteantes e perfeitos, além dos homens que, querendo ou não, fazem aquela pressão para que fiquemos magérrimas!

O acúmulo de tarefas diárias já torna complicada a realização de qualquer dieta, porque não há “viva alma” hoje em dia que não tem que pensar e/ou realizar um monte de atividades. Até quem está desempregado hoje é ocupado.

Organização da dieta

Essa bagunça diária deixa o ser perdido e faz com que ela não consiga organizar minimamente sua alimentação. A mídia, principalmente a televisão, joga milhões de imagens de corpos femininos perfeitos, mas há de se questionar que as pessoas, donas desses corpos, provavelmente não possuem uma vida igual a maioria das mulheres brasileiras que precisam trabalhar e lutar, incluindo a jornada dupla de trabalho (local de trabalho/em casa) e, ainda, manterem o corpo em cima. É o namorado, companheiro, ficante e/ou amante que já olha pra você e quer comparar com a moça da propaganda da cerveja! É pouco ou quer mais?

Dificuldade de manter a dieta

Na guerra com a balança, seu comportamento é o mais importante, para vencer os obstáculos da dieta. (Foto: divulgação)

Ansiedade por causa da dieta

No fim das contas, isso tudo nos dá muito ansiedade e, ao invés, de conseguirmos organizar e manter uma alimentação saudável, ficamos “loucas varridas” e ficamos querendo comer tudo que aparece. É aí que vem os “assaltos a geladeira”. Ansiedade pura que gera nervosismo e atacamos tudo com uma voracidade de leão. O rei das selvas fica no chinelinho perto de nós quando estamos ansiosas. É ou não é? Pelo menos, não somos canibais, senão os mais próximos estariam fritos! Literalmente.

Brincadeiras à parte! Ainda não podemos esquecer que todo o mês temos que lidar com a terrível TPM (Tensão Pré Menstrual) que, biologicamente, nos deixa com muita vontade de comer doce. Isso não é psicológico! Ávidas para mastigar um docinho, dois docinhos ou vários docinhos.

Achou que acabou?

Isso tudo nos atormenta e faz com que o exercício de se alimentar bem se torna muito mais complicado que parece. Perder aqueles quilinhos indesejados não é tão fácil quanto parece principalmente no mundo atual.

Controle da dieta

Já viu o tanto de opções que existem no supermercado, no fast-food, na geladeira, na loja de conveniência do posto de gasolina, até na locadora de filmes? É uma loucura a “comidaria” existente a nossa disposição.

Por isso, precisamos nos conscientizar e arrancar lá do fundo, toda a força para manter uma boa alimentação, nos controlando sempre. É difícil, já sabemos, mas precisamos conseguir para mantermos uma boa saúde. Afinal de contas, com o passar do tempo tudo se torna mais difícil. Quanto mais cedo escolhermos por uma alimentação saudável, mais fácil é para nos acostumarmos com isso e lidar com imprevistos, com nossa vida e tudo que cerca essa falta de controle.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)